painel de controle e impacto
Quer acompanhar o desempenho do Vozes e demais parceiros sociais na luta contra a Covid-19?
Clique no link e confira nossos resultados em tempo real!
Postado por JANAÍNA DANTAS
23/06/2021

Facebook lança iniciativas para fortalecer empreendedores LGBTIQA+

Movimento "Feito com Orgulho" inclui programa de aceleração e vitrine virtual para dar visibilidade a micro e pequenos negócios

No mês do Orgulho LGBTQIA+, o Facebook lança o movimento "Feito com Orgulho". A iniciativa tem como objetivo oferecer conteúdos educativos, ferramentas e recursos para apoiar e impulsionar a trajetória de pequenas e médias empresas lideradas por empreendedores LGBTIQA+ , além de dar visibilidade aos seus produtos e serviços para que mais pessoas possam conhecê-las e apoiá-las.

Uma das ações criadas pela empresa foi o Perfil no Instagram Feito com Orgulho (@feitocomorgulho) que dará visibilidade a diversos pequenos negócios em um conceito de vitrine virtual. Além disso, ao longo do mês, a conta promoverá diversos eventos virtuais sobre empreendedorismo, incluindo painéis educativos e mesas-redondas com a participação de influenciadores e artistas da comunidade LGBTIQ+. Segunda-feira, dia 27, ainda haverá um pocket show da cantora Liniker, com início às 19h. Confira a programação:

No Instagram @feitocomorgulho

Vídeos educativos em parceria com Mercado Livre
Data: 23/Junho, às 18h
#1 - Como se estruturar para vender online
#2 - Segurança em sua loja virtual
#3 - Como impulsionar as vendas online por meio de anúncios da sua loja virtual
Apresentador: André Santos, Embaixador da comunidade de vendedores Mercado Livre no Brasil

Painel educativo “Criando um projeto social sustentável (empreendedorismo social)”
Data: 24 de junho, às 18h
Painelista: Andreia Brazil - travesti e colaboradora da Micro Rainbow Brasil.

Na Página Facebook para Empresas

Exibição do episódio Facebook Latam Season "Diversidade, inclusão e negócios, juntos" + Pocket Show da cantora Liniker, narradora do episódio
Data: 27 de junho, às 19h
Para celebrar sua participação na série sobre Inclusão e Diversidade Facebook Latam Season, será feita a exibição do episódio narrado pela cantora, seguido de um pocket show exclusivo para a audiência. O show será uma live transmitida na Página Facebook para Empresas.


"Pequenos negócios tem cara, tem nome, tem história, mesmo quando isso não fica explícito no rótulo do produto ou na descrição da marca em seu site ou redes sociais. Quando alguém compra de um negócio LGBTIQ+, essa pessoa se torna parte do que mantém esse negócio aberto, do que mantém esse negócio vivo, resistindo aos mais diversos obstáculos. Com o movimento Feito com Orgulho, queremos fortalecer quem empreende, oferecendo treinamentos e inspiração, dando visibilidade a esses negócios e encurtando o caminho entre empreendedores LGBTIQ+, aliados e consumidores - mas também valorizando quem apoia e reconhecendo o papel crucial desse suporte, que gera um impacto tanto econômico quanto social", afirma Jorge Lisauskas, gerente de Marketing para Pequenas Empresas do Facebook na América Latina.

A loja de t-shirts autorais Mariei faz parte do Movimento Feito com Orgulho

Foto: Divulgação
Também faz parte dos esforços de empoderamento e capacitação de empreendedores da comunidade a Aceleração de Negócios LGBTIQ+, um programa de aceleração desenvolvido em parceria com a Aliança Nacional LGBTI+ e com a Micro Rainbow International Foundation que beneficiará mais de 150 pequenos negócios. A ideia é prolongar o impacto do movimento para além do mês de junho. Assim, a capacitação terá cinco meses de duração e vai oferecer cursos online, oficinas, mentoria e encontros com especialistas de marketing e negócios, além de recursos e ofertas exclusivas de parceiros do programa para que empreendedores possam desenvolver suas empresas e aumentar seu potencial de vendas.

O conteúdo do curso abordará desde práticas de negociação e finanças até módulos voltados para a gestão da marca nas plataformas digitais, como habilidades de e-commerce, desenvolvimento de conteúdos criativos e comunicação. As inscrições seguem abertas até dia 16 de julho e devem ser feitas pelo link.
Compartilhe nosso conteúdo!
notícias relacionadas
Mikaelly, 16 anos
Mikaelly, 16 anos, é aluna de qualificação do Vozes das Periferias. Em 2019, se formou no curso de Arquitetura e foi convidada, junto com outros 3 colegas de classe, a criar o projeto de reforma do nosso escritório. O espaço passou por uma grande mudança e hoje conseguimos utilizar muito melhor nossas salas.A jovem também realizou outros cursos da área de tecnologia e comunicação, e seu crescimento está sendo muito maior do que o esperado."O Vozes é uma escada para as realizações do meu sonho. Lá eu aprendi que para você vencer tem que ter, acima de tudo, garra".Mika também é voluntária de operações gerais e nos auxilia em nossas atividades de esporte, cultura e qualificação profissional. Sem dúvidas, essa jovem sonhadora ainda vai conquistar o mundo.
Luiz Alberto, 20 anos
Luiz foi aluno do curso de Gestão de Projetos, em parceria com a Comparex, em 2018. A dedicação do jovem durante as aulas o fez estar entre os melhores, concorrendo por uma vaga de emprego na empresa apoiadora."Participar deste curso foi um divisor de águas em minha vida profissional e pessoal, porque lá eu e meus colegas aprendemos muito mais do que as práticas de gestão de projetos, nós aprendemos valores que levaremos para a vida como o #TamoJunto e o #VaiKida".Hoje, Luiz trabalha na SoftwareONE, antiga Comparex, onde cresce a cada dia junto com profissionais qualificados e trilha a sua carreira. Sem dúvidas, essa oportunidade mudou a vida do jovem e abriu diversas portas, transformando sua história e a de sua família.
Kelvin, 8 anos, e Kelveson, 11
Os irmãos Kelvin, 8 anos, e Kelveson, 11, são alunos da oficina de Dança de Rua do Vozes das Periferias e dão um show de talentos.Os b-boys fazem da arte a força para superar qualquer dificuldade e só abaixam a cabeça se for um passo da dança. Eles se dedicam a aprender e a serem melhores a cada dia, desde o hip hip até o passinho do funk. Os meninos ainda se apresentam em locais como a Av. Paulista e estações do metrô, mostrando que a favela é potência e cultura de rua pode chegar onde quiser.
Kayrone, 15 anos
Kayrone, 15 anos, é aluna da oficina de Jiu Jitsu do Vozes das Periferias e voluntária do projeto auxiliando os mais novos durante a aula. Desde o início se mostrou muito interessada e pró-ativa, querendo aprender sempre mais. A princípio seu objetivo era usar o esporte como uma forma de autodefesa, já que os casos de violência contra mulher estão cada vez maiores. Mas com o tempo foi se encantando e trazendo o Jiu Jitsu para vida."O que eu mais gosto no jiu é que independente da sua faixa ou tempo de treino todos se ajudam e crescem juntos".Hoje, Kayrone treina na Academia Nova União SP Mooca, onde ganhou uma bolsa graças a ponta feita pelo atleta e professor Erick Silva.Sua força e garra representa a classe feminina das favelas. Voe alto!